Como usar o celular para controlar a TV e outros aparelhos

Com a ajuda de um aplicativo da Google Play, você pode usar o seu celular para controlar a TV e outros aparelhos eletrônicos

Ao ter muitos aparelhos eletrônicos em sua casa, não é comum que você acabe se esquecendo onde deixou um controle remoto ou que fique sem uma bateria para poder utilizá-lo. Felizmente, os celulares hoje acabam ganhando cada vez mais funções e podem até mesmo substituir o seu controle remoto convencional.

Na Google Play, um dos aplicativos recomendados para essa tarefa é o Sure Universal Remote, que como o seu nome sugere, funciona como aqueles famosos controles remotos capazes de controlar mais de um tipo de aparelho. A seguir, veja como usar o seu celular com o Android de controle remoto para os seus eletrônicos.

Importante

O Sure Universal Remote funciona com conexões infravermelho e via Wi-Fi. Entretanto, o aplicativo pode apresentar algumas incompatibilidades com certos modelos de aparelhos eletrônicos e celulares.

Quando utilizado com uma conexão Wi-Fi, o aplicativo não pode ligar ou desligar determinados aparelhos, como uma Smart TV, que quando está desligada, não tem acesso a sua rede. Assim, celulares que não tem conexão infravermelho só poderão controlar equipamentos Smart ou com uma conexão Wi-Fi.

O processo abaixo foi realizado em um smartphone da Motorola sem conexão infravermelho e com uma Smart TV da LG. Para testes complementares, também foi utilizado um aparelho da Xiaomi com conexão infravermelho, que funcionou sem maiores problemas, inclusive podendo controlar diferentes aparelhos que não estavam no Wi-Fi.

Como usar o Universal Remote Control

Quando não está utilizando uma conexão infravermelho, o aplicativo depende de uma rede Wi-Fi para poder controlar os dispositivos, sendo que eles precisam, é claro, serem configurados antes de sua primeira utilização. Confira:

  1. Acesse a Google Play e realize o download do Sure Universal Remote;
  2. Antes de abrir o programa pela primeira vez, certifique-se de que todos os aparelhos estejam conectados na mesma rede Wi-Fi;
  3. Na tela inicial, clique em “Acrescentar Dispositivo” e, então, em “Avançar”;

    Reprodução

  4. Conceda a permissão de acesso a localização, pois ela é necessária para o funcionamento do programa e selecione o tipo de dispositivo que será controlado;

    Reprodução

  5. Na nova tela, escolha a marca do produto e aguarde que o Sure Universal Remote encontre os dispositivos de sua rede;

    Reprodução

  6. Selecione o seu dispositivo na lista e entre com o código PIN que será usado no pareamento. Caso esteja conectando uma Smart TV, o código PIN aparecerá nela;

    Reprodução

  7. Aguarde a conexão ser realizada e você já poderá controlar a sua televisão pelo celular.

    Reprodução

Atualização do Windows 10 está causando tela azul e erro de boot

Usuários do Windows 10 têm reportado alguns bugs no sistema operacional da Microsoft, desde a instalação da atualização cumulativa chamada de KB4517389, que foi liberada no início deste mês de outubro.

Segundo os usuários afetados, o update gera o travamento geral do PC, com o aparecimento da temida “tela azul”, mas também há relatos de que o sistema pode falhar durante a inicialização.

As publicações foram feitas no Answers.com, o fórum da Microsoft. Quando a tela azul aparece, uma mensagem de erro a relaciona com o processo “cldflt.sys”, que parece fazer parte da estrutura do OneDrive. No entanto, um moderador voluntário do fórum descartou a possibilidade de o aplicativo ser a causa do bug.

Fonte: Pixabay/Reprodução

 

Nos casos em que o sistema falha ao iniciar, caso o boot não seja possível nem no modo de segurança, o erro só poderá ser corrigindo por meio de uma restauração ou reinstalação. Já a tela azul pode ser facilmente corrigida com a desinstalação do KB4517389.

Há ainda a possibilidade de a mesma atualização estar causando erros na execução de aplicativos 16 bit escritos em Visual Basic 3. Problema que também é sanado com a desinstalação do KB.

2019, ano difícil para o Windows 10

Temos noticiado sobre vários bugs ocorridos no Windows 10 desde a última grande atualização de maio de 2019.

Todo sistema contém falhas e vulnerabilidades, mas, neste caso em específico, o sistema da Microsoft está em uma espécie de looping: todo novo patch de correção acaba gerando um novo problema.

Sobre este último, a companhia já foi alertada por meio do “hub de feedback” do sistema.

Fonte: TecMundo

14 jogos leves e divertidos para celular Android e iPhone

Confira quatorze jogos mobile para usuários que têm aparelhos menos potentes ou que precisam economizar espaço na memória

Jogos para celulares Android e iPhone (iOS) têm se tornado cada vez mais elaborados, porém ainda há uma parcela do público que não tem aparelhos potentes o suficiente para esses games. Títulos como Angry Birds e Helix Jump são simples e não precisam de um celular potente para funcionarem. Veja, a seguir, uma lista de jogos mobile mais leves tanto para usuários que têm aparelhos mais antigos ou simplesmente para aqueles que preferem experiências mais tranquilas.

Vortex Chain

Colorido, divertido e super desafiador. Vortex Chain é um jogo de nave bem diferente, onde você poderá controlar até 4 naves ao mesmo tempo e deverá destruir ou se esquivar dos obstáculos que estiverem em seu caminho. Desenvolvido por Lascante Games. Disponível para download em: Google Play

Vortex Chain
Foto: Reprodução/Google Play

Crossy Road

Inspirado no antigo título Frogger lançado para fliperamas e Atari 2600, Crossy Road é um game de jogabilidade simples no qual seu objetivo é atravessar um longo trajeto com uma galinha ou outros personagens. Com um controle acessível que pode ser manuseado com apenas uma mão, Crossy Road requer reflexos e paciência para esperar o melhor momento de cruzar uma área perigosa sem cair na água ou acabar atropelado. Há ainda uma versão com personagens da Disney chamada de Disney Crossy Road.

Crossy Road traz de volta o conceito do clássico Frogger com muita diversão — Foto: Reprodução/Google Play
Crossy Road traz de volta o conceito do clássico Frogger com muita diversão — Foto: Reprodução/Google Play

Pocket Mortys

Baseado na popular série animada Rick & Morty, Pocket Mortys brinca com o infinito multiverso da franquia no qual existem várias versões de Mortys. O game é um RPG paródia dos jogos de Pokémon, especialmente dos clássicos games do GameBoy, com uma pitada extra do tradicional humor de Rick para apimentar.

Em Pocket Mortys jogadores podem reunir Mortys como se fossem Pokémon — Foto: Reprodução/Google Play

Em Pocket Mortys jogadores podem reunir Mortys como se fossem Pokémon — Foto: Reprodução/Google Play

Gun Polygon

Gun Polygon é tanto um jogo de quebra-cabeça quanto um jogo de tiro. Você tem que atirar no polígonos que estão caindo para impedir que eles toquem a linha vermelha na base da tela, mas você só conseguirá destruí-los se sua arma estiver com a mesma cor que eles. Desenvolvido por Lascante Games. Disponível para download em: Google Play

Foto: Reprodução/Google Play

Robot Unicorn Attack

Um clássico da época dos games em flash do Cartoon Network, Robot Unicorn Attack é um jogo de corrida infinita no qual o jogador controla um unicórnio e precisa desviar de obstáculos ou destrui-los. A jogabilidade e trilha sonora são especialmente viciantes e quanto mais o usuário avança, mais rápido fica o ritmo.

Robot Unicorn Attack traz um charme especial para os games de corrida infinita — Foto: Reprodução/Google Play
Robot Unicorn Attack traz um charme especial para os games de corrida infinita — Foto: Reprodução/Google Play

Stranger Things The Game

A série da Netflix que se passa nos anos 80 ganhou um divertido jogo gratuito para smartphones que também se inspira bastante nessa época. Com gráficos retrô e uma jogabilidade que lembra alguns dos maiores clássicos do Nintendo 8 Bits, Stranger Things The Game reconta alguns dos mais importantes momentos da série com uma dose de combate e quebra-cabeças que remete a The Legend of Zelda.

Baseado na série da Netflix, o game de Stranger Things presta homenagens aos clássicos dos 8 Bits — Foto: Reprodução/Google Play
Baseado na série da Netflix, o game de Stranger Things presta homenagens aos clássicos dos 8 Bits — Foto: Reprodução/Google Play

Tree Rush

Este pequeno robô tem a importante missão de coletar o máximo de árvores que conseguir. Infelizmente, o lugar para o qual ele foi enviado é extremamente perigoso. A razão para isso é a presença de inúmeras e estranhas shurikens que podem impedi-lo de completar a missão. Desenvolvido por Lascante Games. Disponível para download em: Google Play.

Foto: Reprodução/Google Play

CodyCross

O game de palavras cruzadas CodyCross oferece uma opção leve de diversão com um extra de informação e curiosidades. Assim como em um jogo tradicional de palavras cruzadas, é preciso responder uma pergunta preenchendo quadrados com as letras de uma palavra. A grande diferença é que, se o jogador não souber uma resposta, ele não ficará totalmente travado, pois acertar outras palavras irá desbloquear algumas letras em outras linhas para servir de dica.

CodyCross é uma divertida evolução das palavras cruzadas que testa seu conhecimento e ajuda a aprender — Foto: Reprodução/Google Play
CodyCross é uma divertida evolução das palavras cruzadas que testa seu conhecimento e ajuda a aprender — Foto: Reprodução/Google Play

Angry Birds Classic

Um dos mais conhecidos jogos para smartphones, a franquia Angry Birds ganhou sua popularidade graças a uma divertida jogabilidade de física aliada a um bom desafio e pássaros zangados com diferentes poderes. A versão Classic traz o primeiro game da série, que deu início à febre, porém as sequências e spin-offs como Angry Birds 2Angry Birds SeasonsAngry Birds Star Wars também são boas opções de jogos leves.

Angry Birds Classic lembra aos jogadores o motivo da franquia ter se tornado tão popular — Foto: Reprodução/ZC-Infinity Reviews
Angry Birds Classic lembra aos jogadores o motivo da franquia ter se tornado tão popular — Foto: Reprodução/ZC-Infinity Reviews

Kalculia

Um jogo simples com cálculos de matemática simples envolvendo as operações básicas. Pratique a tabuada e melhore suas habilidades em matemática de uma forma desafiadora e divertida. Desenvolvido por Lascante Games. Disponível para download em: Google Play.

Foto: Reprodução/Google Play

Helix Jump

Um dos games mais simples e viciantes da lista, Helix Jump conta com uma mecânica fácil de jogar na qual basta abrir o caminho para uma bola cair através de discos. O desafio fica por conta de desviar de partes do trajeto que encerram sua jornada e causar grandes combos ao atravessar vários discos em sequência.

Helix Jump é um jogo extremamente simples mas profundamente viciante — Foto: Reprodução/Google Play
Helix Jump é um jogo extremamente simples mas profundamente viciante — Foto: Reprodução/Google Play

Magikarp Jump

Atualmente há vários games de Pokémon disponíveis para smartphones como Pokémon GOPokémon Quest e Pokémon Duel, porém muitas vezes usuários esquecem um dos primeiros lançados: Magikarp Jump. Conhecido por ser o pokémon mais fraco e inútil da série, aqui os Magikarps têm todo o carinho que nunca receberam nos outros jogos. Usuários poderão criar seus próprios Magikarps e treiná-los para serem os melhores em saltos.

Magikarp Jump coloca um dos Pokémon mais inúteis da série em destaque para muita diversão — Foto: Reprodução/Google Play
Magikarp Jump coloca um dos Pokémon mais inúteis da série em destaque para muita diversão — Foto: Reprodução/Google Play

Plants vs. Zombies 2

Após o sucesso do primeiro jogo, Plants vs. Zombies 2 expandiu o alcance dos combates entre as plantas e os zumbis com um divertido elemento de viagem no tempo. Agora além de enfrentar diferentes tipos de mortos-vivos por fases semelhantes, é possível visitar vários cenários e reunir um time mais forte com plantas especiais para quando tiver alguma dificuldade.

Plants vs. Zombies 2 traz uma variedade ainda maior que o primeiro graças à viagem no tempo — Foto: Reprodução/Google Play
Plants vs. Zombies 2 traz uma variedade ainda maior que o primeiro graças à viagem no tempo — Foto: Reprodução/Google Play

PixelPuzzle

Um inesperado game gratuito da Konami, PixelPuzzle traz a tradicional mecânica de "Picross" para os smartphones enquanto utiliza gráficos dos jogos clássicos da empresa. Em jogos de Picross seu objetivo é interpretar números para descobrir como preencher linhas com pontos e desvendar a posição deles ao combinar as informações das linhas horizontais e verticais.

PixelPuzzle oferece um Picross gratuito com gráficos de games clássicos da Konami — Foto: Reprodução/Google Play
PixelPuzzle oferece um Picross gratuito com gráficos de games clássicos da Konami — Foto: Reprodução/Google Play

Qual o seu jogo online preferido? Comente!

Como colocar uma barra de música no Google Chrome

Acabaram os dias de inúmeras guias com alguma música tocando, se estressar ou perder tempo procurando a origem; novo recurso do Chrome permite parar, continuar, avançar ou voltar a música.

A situação provavelmente já aconteceu com você: existem inúmeras abas abertas no Chrome e uma delas está tocando uma música, ou rodando um vídeo. Isso não seria um problema se você, por exemplo, quisesse parar de ouvir aquele som. Para silenciar o incômodo, é preciso caçar de qual guia está vindo o som. Não mais, agora o Google criou um novo botão para o desktop que permite pausar (e tocar) músicas e vídeos a partir de qualquer aba que você esteja navegando no momento.

A nova função ainda está em fase experimental. A seguir, veja um passo a passo para aproveitar este recurso, mas em primeiro lugar lembre de ter a última versão do Chrome atualizada:

  1. Com o Chrome aberto, selecione os três pontinhos no canto superior à direita
  2. Selecione Ajuda e depois ‘Sobre o Google Chrome’. Se aparecer que o Google está atualizado, você pode pular esta fase; caso não, clique para atualizar – só fique atento se você salvou tudo o que estava usando no chrome, pois ele irá reinicia-lo

Habilitar o botão de pausa e play

  1. Abra o Chrome e procure chrome://flags/ na barra de url
  2. Dentro da seção search flags, procure Global Media Controls
  3. Na caixa suspensa à direita, escolha Enabled
Reprodução
  1. Clique em Relaunch Now. Novamente, tenha certeza de que você está com tudo salvo, pois isso vai resetar seu navegador
  2. Agora você vai ter uma barra de player na parte de baixo da sua barra de ferramentas.

Testando

Reprodução

  1. Abra um site como o YouTube ou o Spotify Web Player no seu navegador e selecione uma música ou um vídeo para testar
  2. Quando você clicar em pausar, clique novamente no botão de play
  3. Uma caixa irá aparecer, te mostrando a música ou vídeo que está atualmente tocando. Clique no botão de pausa
  4. Clique no botão play para continuar ouvindo. Existe também uma opção de avançar e voltar.

Fonte: Olhar Digital

Windows 10X deve ser o sistema da Microsoft para híbridos

Surpreendentemente, um novo Windows 10 deve surgir das mãos da Microsoft. Destinado a dispositivos com duas telas ou híbridos, o vazado Windows 10X utilizaria técnicas para valorizar a performance do aparelho.

02/10/2019 às 12:00 1 min de leitura (TecMundo)

Igor Almenara Carneiro via nexperts

O rumor, vazado por Evan Blass no Twitter, parece fazer sentido quando lembramos dos notebooks anteriormente vazados. Evan Blass alegou que a Microsoft tem planos de lançar um aparelho com duas telas "dobráveis", batizado "Project Centauros", e seguir com sua linha Surface Pro — agora, com o Surface Pro 7 — e outro híbrido do Surface Pro 7 alimentado por um chip ARM.

Vazamento relatado por Evan Blass. (Fonte: TechRadar/Reprodução)

Em conjunto com esses lançamentos, a Microsoft adicionaria uma versão única do sistema operacional especialmente preparada para esses tipos de aparelhos. Embora a “versão tablet” do Windows 10 já seja um grande passo para a adaptar o uso para híbridos, a nova versão viria com melhoria de performance.

Neste caso, o Windows 10X rodaria aplicações em “containers”. Ou seja, utilizaria técnicas de virtualização para rodar boa parte dos aplicativos pela internet, na nuvem, do que utilizar o próprio hardware para a tarefa.

Surface Pro com chip ARM vazado. (Fonte: TechRadar/Reprodução)

Por não podermos afirmar se as informações são reais, não podemos imaginar qual a utilidade do dispositivo quando offline, tampouco quais aplicativos seriam executados pelo hardware e o impacto dessa transformação.

O anúncio oficial desses dispositivos e do sistema deve acontecer hoje no evento da Microsoft. As novidades devem começar a vir depois das 11h. Portanto, fique ligado no TecMundo para ficar sabendo de tudo!

Fontes: TechRadar e The Verge

↓
× Como posso te ajudar?